Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus.” (Mateus 5:8)

Todo aquele que crê em Deus e vive segundo o exemplo de Jesus Cristo, tem um desejo: ver Deus um dia. Quando o cristão tem uma vida de íntima comunhão com Deus, ele pode ouvi-lo e senti-lo, mas não pode vê-lo. Isso só será possível quando Jesus vier nos buscar e nos levar para viver junto com Ele na eternidade.

Entre as bem aventuranças, Jesus fala que aquele que tem um coração puro verá a Deus. Mas o que é ter um coração puro? Será que o nosso coração está realmente limpo? Para sabermos a resposta devemos refletir sobre como era o coração de Jesus e comparar o nosso coração com o dEle.

Jesus foi um homem santo e com certeza não houve e não há nenhum coração mais puro do que o seu. Um coração que amava, perdoava, se compadecia, tinha prazer em ajudar. Um coração livre de preconceito, falsidade, mentira, interesse. A mágoa, a raiva e o ódio não tinham lugar nesse coração, pois ele era cheio do amor de Deus; tão cheio que transbordava em atitudes e palavras.

Ter um coração puro é ter um coração mais parecido o possível com o de Jesus. Se tiver alguma coisa dentro do nosso que, nós sabemos que não haveria lugar no coração de Jesus para tal sentimento, desejo ou intenção, então, é hora da faxina. Nós, como cristãos devemos buscar um coração igual ao de Jesus, nos mantendo em santificação e não deixando que as sujeiras desse mundo penetrem em nosso coração. “Dedique à disciplina o seu coração, e os seus ouvidos às palavras que dão conhecimento” (Provérbios 23:12).

Nos momentos em que essas “sujeiras” insistirem em manchar nosso coração, como em um momento de raiva, por exemplo, devemos fazer o que Davi fez; achegar-nos a Deus e pedir: “Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável” (Salmos 51:10). Deus está ao nosso lado, Ele quer que tenhamos um coração puro, pois “o Senhor detesta os perversos de coração...” (Provérbios 11:20), por isso nos ajudará a limpar nosso coração e mantê-lo puro.

Para algumas pessoas toda essa pureza pode ser dolorida, pois ao pedir à Deus que nos dê um coração puro, Ele vai começar a limpeza e vai precisar tocar em feridas que ainda estão abertas esperando para serem curadas, em lembranças adormecidas, em outros casos, vai precisar quebrar o vaso e fazê-lo novamente. Mesmo que doa, deixe Deus restaurar o seu coração. Além de se tornar uma pessoa melhor e mais feliz, você ainda terá a esperança de um dia vê-lo, abraçá-lo e agradecê-lo por sua graça. Aceite o pedido que o Senhor lhe faz: “Meu filho, dê-me o seu coração; mantenha os seus olhos em meus caminhos” (Provérbios 23:26), e deixe Ele trabalhar em você!

Quem poderá subir o monte do Senhor? Quem poderá entrar no seu Santo Lugar? Aquele que tem as mãos limpas e o coração puro...” (Salmos 24:3-4).

Artigos Relacionados

Respostas Bíblicas para Tempos de Crise Respostas Bíblicas para Tempos de Crise
  O Estado está economicamente fraco, sendo alvo de interesse das nações estrangeiras, desejosas por expandirem mais e mais sua influência....
E você, está disposto? E você, está disposto?
“Mudaste o meu pranto em dança, a minha veste de lamento em veste de alegria, para que meu coração cante louvores a ti e não se cale. Senhor,...