Sempre fiz questão de pregar o evangelho onde Cristo ainda não era conhecido.

Romanos 15:20 (a)

O Pastor Gabriel Bejjani, da igreja Batista do Sétimo Dia de Riverside (Califórnia - EUA) e o irmão Clinton Brown, diretor executivo da Sociedade Missionária, estão se preparando para viajar para a Polônia e o Líbano de 5 a 19 de outubro de 2017 como embaixadores da família global Batista do Sétimo Dia. O pastor Gabriel, que irá viajar com sua esposa, Hayat, estenderá sua viagem para partes da Síria antes de retornar aos EUA.

Além do objetivo geral de difundir o Evangelho, representarão a Federação Mundial em diálogo contínuo com a Conferência Batista do Sétimo Dia Polonesa para fortalecer as relações.

O pastor Gabriel, sob a liderança de Deus, fez várias viagens a estas áreas, ministrando no Líbano e na Síria predominantemente para refugiados muçulmanos do Iraque e da Síria. Ainda não existem grupos BSD estabelecidos no Líbano ou na Síria, portanto o irmão Clinton acompanhará o Pastor Gabriel para explorar as oportunidades do ministério lá.

Suas orações e apoio financeiro são necessários para ajudar a impulsionar esses missionários para espalhar o Evangelho e fortalecer os laços. As doações podem ser feitas diretamente pelo PayPal da Sociedade Missionária (botão do lado direito) ou através da Conferência Batista do Sétimo Dia Brasileira através das contas descritas na página de Doações.

~ Garfield Miller, Coordenador de missões

Situação da Igreja Cristã no Líbano 1

O cristianismo no Líbano tem uma longa e contínua história. As Escrituras Bíblicas afirmam que Pedro e Paulo evangelizaram para os fenícios, a quem afiliaram ao antigo patriarcado de Antioquia . A propagação do cristianismo no Monte Líbano foi muito lenta, onde o paganismo persistia nas fortalezas da montanha. Um estudo de 2015 estima que cerca de 2.500 cristãos libaneses têm ascendência muçulmana, enquanto a maioria dos cristãos libaneses são descendentes diretos dos cristãos primitivos originais.

O islamismo no Líbano é seguido por 59,5% da população total do país. Proporcionalmente, o Líbano tem a maior taxa de cristãos no Oriente Médio, cerca de 40%, seguido diretamente pelo Egito e Síria, onde provavelmente os cristãos representam cerca de 10%. Apesar de ter a maior taxa de cristãos do Oriente Médio, apenas 1% deles são protestantes.

Situação da Igreja Cristã na Síria 2

As comunidades cristãs da Síria, que compõem 11,2% da população, brotam de duas grandes tradições. Por um lado, o catolicismo romano e o protestantismo foram introduzidos por missionários e um pequeno número de sírios são membros de denominações ocidentais. A grande maioria, por outro lado, pertence às comunhões orientais, que existiram na Síria desde os primórdios do cristianismo.

Os cristãos sírios, como a maioria dos sírios, foram gravemente afetados pela guerra civil síria. A Síria é governada por uma ditadura Aluita (um ramo do islã 3) onde a corrupção e má administração são marcas do governo. Muitos cristãos sírios foram executados em acusações falsas ou sentenças injustas, apesar disso ainda a maioria dos cristãos sírios veem no regime sírio como a única esperança contra os grupos islâmicos extremistas. De acordo com uma lei síria, todos os homens cristãos sírios que estão na idade adulta são obrigados a se juntar às forças de Assad que estão lutando contra extremistas islâmicos, então nenhum cristão sírio luta contra as forças de Assad na guerra.

A situação econômica piorou. Os preços das mercadorias aumentaram muitas vezes devido à desvalorização da moeda síria em dez vezes. A maioria dos cristãos sírios vive em áreas controladas pelo regime sírio, mas existem casos de assassinato todos os dias, porque os extremistas e os terroristas visitam as áreas cristãs de vez em quando com foguetes e bombas, visando o assassinato de soldados cristãos sírios que lutam ao lado do exército de Assad. 

Contando com todas as divisões do islã, os muçulmanos compõem cerca de 87% da população. As cidades com grande concentração de cristãos foram dizimadas pelo grupo terrorista Estado Islâmico, a cidade de Aleppo, é exemplo disso.

Continuemos em oração pela paz e pelos missionários na região.

Referências

1- https://en.wikipedia.org/wiki/Christianity_in_Lebanon

2- https://en.wikipedia.org/wiki/Christianity_in_Syria

3- https://pt.wikipedia.org/wiki/Alauitas

Artigos Relacionados

Missionários Cristãos: Destruidores de Culturas? Missionários Cristãos: Destruidores de Culturas?
Uma foto que era motivo de comemoração acabou se espalhando pela internet e gerando polêmicas intensas. Isac Santos, pastor evangélico brasileiro...
Viagem Missionária ao Norte Brasileiro Viagem Missionária ao Norte Brasileiro
Durante os dias 20 de abril e 05 de maio estiveram em viagem missionária na região norte do Brasil, o presidente da Conferência Batista do Sétimo...