Nos últimos anos, especialmente o período que abrange 1997 a 2007, alguns livros marcaram época e se tornaram best sellers mundiais. Destaca-se nesse período a série que narra as aventuras de um jovem bruxo chamado Harry Potter. O primeiro livro da série, e o mais vendido da mesma, foi lançado em 1997. Já se contabilizam mais de 107 milhões deste exemplar vendidos no mundo. Os demais títulos da série que vieram na sequência, sendo o último lançado em 2007, já não fizeram tanto sucesso, mas mesmo assim venderam entre 50 e 60 milhões de cada exemplares.

Destaca-se nesse período livros que polemizaram como O Código Da Vinci de Dan Brown, lançado em 2003. Este livro já vendeu nada menos do que 80 milhões de cópias. Afora os livros mais recentes já citados, a lista dos livros seculares mais vendidos no mundo é liderada por Don Quixote, um romance escrito pelo espanhol Miguel de Cervantes e publicado por volta de 1602. A antiguidade da obra ajuda ela liderar o topo da lista, com mais de 500 milhões de exemplares vendidos.

Todos estes números são impressionantes, mas ainda não chegam perto do Best Seller de todos os tempos: a Bíblia Sagrada. Estima-se que já foram vendidas e distribuídas mais de 5 bilhões de cópias da Bíblia. Mas por que este livro foi, é e sempre será o livro mais lido pelas pessoas? Em primeiro lugar, e o mais válido motivo, é porque a Bíblia é a Palavra de Deus. Mas outros fatores fazem da Bíblia um livro singular, vejamos:

Enquanto a maioria dos livros tem como objetivo atingir um público específico ou faixas etárias específicas (podemos citar a série Harry Potter que têm com público alvo, adolescente e jovens) a Bíblia consegue envolver todos os públicos e atingir todas as faixas etárias.

A maioria dos livros normalmente se enquadra em um único gênero (romance, ficção, aventura, etc) enquanto a Bíblia faz o seu leitor navegar por aventuras, poesia, romance e até cenas apocalípticas. Os livros mais vendidos do mundo são frutos da sabedoria humana, que impressiona, mas nada se compara com o fruto da sabedoria divina destilada em 66 livros que compõem as Sagradas Escrituras.

O fato é que nenhum livro impacta tanto a vida das pessoas como a Bíblia Sagrada e por isso ela é o melhor livro para se ter, ler e seguir suas orientações. Patrick Henry, uma figura proeminente na Revolução Americana, diz o seguinte sobre a Bíblia: A Bíblia vale a soma de todos os outros livros que já se imprimiram”. De forma resumida, mas não conclusiva, podemos destacar como o ensino das Escrituras impacta a vida do ser humano.

A Palavra de Deus traz sabedoria

A Bíblia está repleta de instruções que orientam ao ser humano como viver, tomar decisões, planejar e se relacionar de uma forma sábia. E não poderia ser diferente, pois a Bíblia é a palavra de Deus e Ele é a fonte da verdadeira sabedoria como se lê em Jó 12:13: Deus é quem tem sabedoria e poder; a ele pertencem o conselho e o entendimento

Tomar decisões não é algo fácil, tomar decisões sábias é algo mais difícil ainda. Mas com a sabedoria que encontramos em Deus através das Sagradas Escrituras podemos viver de uma forma sábia em todas as esferas da nossa vida.

A Palavra de Deus traz conforto

Constantemente passamos por adversidades em diferentes áreas da vida. Na Bíblia podemos encontrar conforto para cada situação, pois nela tomamos conhecimento de que existe alguém que está presente em todas as situações da nossa vida, pois Ele disse: Eis que estou convosco todos os dias (Mateus 28:20). Estas palavras são de alguém que está pronto a nos oferecer seu ombro amigo, são palavras daquele que conhece as dores da perda de alguém (João 11:34-36), a dor da rejeição (João 1:11) e da traição (Mateus 26:48-49). Quais palavras confortam mais?:

  1. “Eu não sei o que o que você está passando, mas eu posso imaginar”; ou
  2. “Eu sei o que você está passando e sei qual é a sua dor”.

A Bíblia nos conforta, pois nela encontramos Jesus, o Filho do Homem, o Deus encarnado que viveu as nossas dores e se compadece de nós.

A Bíblia nos ensina princípios

Algumas pessoas afirmam que é possível ter uma vida de princípios sem o auxílio da Bíblia. Mas como isso seria possível? Pois, se assim fosse todos os parâmetros partiriam da sabedoria humana e seriam resultados das próprias experiências? Como isso ocorreria de uma forma saudável se enganoso é o coração do homem (Jeremias 17:9)? Os princípios divinos nos ensinam como viver de uma forma harmoniosa e proveitosa em todos os âmbitos da nossa vida. Como disse o famoso poeta inglês Lord Tennyson:  “A leitura da Bíblia já em si é uma educação”.

A Bíblia nos faz enxergar os nossos próprios erros

Há muito tempo certo poeta chamado Davi disse: Quem pode discernir os próprios erros? (Salmos 19:12ª). Essa verdade é uma grande realidade do intelecto humano. Não estamos preparados para reconhecer os nossos próprios erros, mas parece que somos programados para perceber os erros alheios. Um dos resultados da influência da Bíblia na vida do ser humano é mostrar o quanto cada um é falho. A Palavra nos faz reconhecer, ou melhor, conhecer a verdade de que somos pecadores. O pecado é o erro que nem o mais sábio dos seres humanos está imune. Em contrapartida, a Bíblia não só nos faz reconhecer os nossos erros, mas propõe-se a modificar o nosso caráter através dos seus ensinos.

A Bíblia sempre vai indicar o melhor caminho

O ser humano é dotado da capacidade de tomar decisões. Nem sempre os resultados são bons, devido às escolhas más que são feitas. Nem sempre o homem escolhe o melhor caminho. É natural isso acontecer, pois há caminhos que ao homem parecem direito, mas o fim dele são os caminhos da morte(Provérbios 14:12). Todavia, ao seguir os conselhos das Escrituras, dificilmente o homem vai tropeçar. Como disse Davi: Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho (Salmos 119:105). Isso significa que a Bíblia vai iluminar o caminho daquele que dá ouvidos à ela. É importante perceber que a Bíblia é como a luz, ela mostra o melhor caminho, mas não remove os obstáculos. A Bíblia sempre vai indicar a melhor decisão, mas não vai decidir pelo homem.

A Bíblia é a maneira pela qual Deus se revela à humanidade

Um dos fatos mais interessantes da leitura bíblica é que ela mostra o Senhor se revelando à Sua criação. Embora o homem tenha pecado e se afastado de Deus, o Senhor decide manter um relacionamento com sua criação. A Bíblia é a perfeita revelação de um Deus que expressa seu caráter, Sua vontade para com o homem, Seus planos e principalmente Seu amor. Através da narrativa Bíblica podemos conhecer a maior de todas as revelações de Deus à humanidade: Jesus (João 1:14). Ao entregar Seu Filho para morrer pelo mundo inteiro Deus demonstra à humanidade o Seu amor incondicional. Não tem como não se sentir amado depois de ler essa tão bela história de amor.

Enquanto muitos livros marcam épocas distintas, a Bíblia é o livro de todas as épocas. Nem todas as pessoas acreditam na Bíblia, mas dificilmente encontraremos alguém que em sua biblioteca particular, não tenha um exemplar das Sagradas Escrituras. Enquanto os livros de romance atraem os românticos, os dramas atraem os intelectuais, os livros de aventura atraem os extrovertidos e as críticas literárias atraem os críticos, a Bíblia continua atraindo pecadores para Jesus e continuará sendo o livro mais vendido e mais lido do mundo.

De todos os livros já editados e impressos nenhum tem o que Bíblia tem: um autor que vive para todo sempre.

Artigos Relacionados

Falta Bíblia Falta Bíblia
Meu povo foi destruído por falta de conhecimento. Oséias 4:6 (a) Falta Bíblia, nas reuniões de pequenos grupos, onde todos deveriam compartilhar...
25 versículos Bíblicos para memorizar com as crianças 25 versículos Bíblicos para memorizar com as crianças
Uma das coisas mais importantes que podemos fazer por nossas crianças é ensinar a Palavra de Deus. Contudo, muitas vezes nós mesmos podemos encontrar-...
A unidade da Palavra, sábado
  Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça;...
A unidade da Palavra, quarta-feira
Os loucos, por causa da sua transgressão, e por causa das suas iniqüidades, são aflitos. .    17 Os loucos, por causa da...