Banner da lição da escola bíblica vigentePara se se ter uma vida espiritual saudável, a busca diária através da oração e da leitura bíblica não é algo opcional. Se quisermos permanecer de pé espiritualmente, mesmo sendo bombardeados todos os dias pelo inferno e todos os tipos de tentações, é imprescindível buscar na fonte eterna, que é Cristo Jesus, forças para cada dia de batalha. Cada cidadão do Reino de Jesus deve tomar sua carne, suas vontades e lançar-se de vez, sem olhar as circunstâncias adversas.

Receba os Devocionais

  E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo.    

Você já viu um lenhador usando um machado? Nota-se a força utilizada pelo lenhador, ao dar machadadas a duros golpes na árvore. Por maior e mais antiga que ela seja, ou por mais nobre que seja sua madeira, ela virá ao chão indubitavelmente. Observe que o texto de hoje aponta que há uma condição apenas para a árvore não ser cortada: “Produzir bom fruto”. Ou seja, não vai importar quão nobre, antiga, forte, imponente, vigorosa, bonita…Sem frutos, ela vai cair. Os frutos são nossas obras, e na Bíblia encontramos o que são bons frutos. Existe ainda aquela árvore com muitos frutos, até vistosos também, mas por dentro estão amargos ou cheios de bicho. A aparência nunca foi certeza de coisa boa. São os frutos “dignos de arrependimento” (v8) e o fruto do Espírito (Gálatas 5:16-25) um bom caminho apontado nas Escrituras. Frutifique!

Artigos Relacionados

O Pai, quarta-feira
  Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos v&...
O Pai, segunda-feira
  Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se compadece daqueles que o temem. .   Assim como um pai se compadece de...
Deus elege o seu povo, segunda-feira
  Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto...
A revelação de Deus, quinta-feira
  Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! !   Ó profundidade das riquezas, tanto da...