Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.    

Gálatas 2:20

Todo ser humano tem como seu instinto natural a sobrevivência, lutamos pela vida e contra a morte, buscando meio de viver mais tempo sobre a face da terra. Paulo, quando escreveu aos Gálatas, pôde expressar sua visão e amor a Cristo, descrevendo o grande significado da morte e ressurreição de nosso Senhor. Somente viveremos uma vida abundante de paz e alegria quando decidirmos morrer para a natureza corrompida da carne. A partir de então a vida de Cristo passa a habitar nosso interior com renovo de pensamentos e força para seguir pelo Santo Caminho. Morrer para o mundo é um processo e não acontece do dia para a noite. Na medida em que a palavra e a presença de Deus tomam o espaço vazio do coração, as trevas ou desejos da carne batem em retirada e não mais podem dominá-lo. Leia novamente o versículo, porém declare com poder e autoridade em nome de Jesus. Busque a vida verdadeira.

Artigos Relacionados

Os nomes de Deus, sábado
  Pai, glorifica o teu nome. .   Pai, glorifica o teu nome. Então veio uma voz do céu que dizia: Já o tenho...
Os nomes de Deus, sexta-feira
  TODOS os servos que estão debaixo do jugo estimem a seus senhores por dignos de toda a honra, para que o nome de Deus e a doutrina n&...
Os nomes de Deus, quinta-feira
  Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. .   Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que...
Os nomes de Deus, quarta-feira
  SENDO, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o SENHOR a Abrão, e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso, anda em...