Banner da lição da escola bíblica vigentePara se se ter uma vida espiritual saudável, a busca diária através da oração e da leitura bíblica não é algo opcional. Se quisermos permanecer de pé espiritualmente, mesmo sendo bombardeados todos os dias pelo inferno e todos os tipos de tentações, é imprescindível buscar na fonte eterna, que é Cristo Jesus, forças para cada dia de batalha. Cada cidadão do Reino de Jesus deve tomar sua carne, suas vontades e lançar-se de vez, sem olhar as circunstâncias adversas.

Receba os Devocionais

  Porque para Deus nada é impossível.    

Se há algo de muito especial para cada cristão, são as promessas de Deus para nós. As Escrituras Sagradas estão repletas de valiosas promessas feitas a nós Seus filhos, sim, há inúmeros registros. Essas promessas são proporcionadas a todos os cristãos, e como um louvor que cantamos anos atrás: “Basta uma palavra do meu Deus para o milagre acontecer”. “Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala e deixa de agir? Acaso promete e deixa de cumprir?” (Números 23:19) Nosso Deus é fiel e justo para cumprir tudo o que Ele prometeu, contudo estabelece algumas condições para que tudo seja cumprido. Necessitamos confiar e esperar a realização das promessas. Sim, na verdade precisamos acreditar que nosso Deus tem o momento exato para alegrar os nossos corações.

Artigos Relacionados

O comprometimento do cristão com as leis, quarta-feira
  Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divis&...
O comprometimento do cristão com as leis, terça-feira
  Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiç...
O comprometimento do cristão com as leis, segunda-feira
  Oh! !   Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca.    ...
O comprometimento do cristão com as leis, domingo
  Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração...