E não somente fizeram como nós esperávamos, mas a si mesmos se deram primeiramente ao SENHOR, e depois a nós, pela vontade de Deus.    

2 Coríntios 8:5 

Charles Spurgeon foi um pregador Batista Reformado na Inglaterra, convertido aos 15 anos de idade em 1850 e aos 16 anos pregou seu primeiro sermão. No ano seguinte tornou-se pastor, considerado extraordinário em suas palavras. Em uma de suas várias pregações usou esse versículo em sua pregação dizendo: Quando esses primeiros cristãos se entregavam ao Senhor, a primeira coisa manifesta era que esta consagração e entrega eram sinceras. Se alguns dos aqui presentes se entregaram ao Senhor, deveriam se perguntar se sua consagração foi sincera. Esses crentes primitivos levavam a sério aquilo que afirmavam, uma profunda realidade estava contida em sua consagração: Entregavam-se a Jesus Cristo para serem inteiramente d’Ele! (p.4)”. Quando o cristão se entrega a Deus com sinceridade, mais perto ele estará de Deus, do amor e da comunhão com a membresia. Se torna natural a consagração em sua vida, em ter humildade, um coração alegre e motivado, contagiando a todos a sua volta!

Artigos Relacionados

A origem do pecado, segunda-feira
Uma das certezas que temos é que todos somos pecadores, independentes da cor, raça, região, somos todos pecadores. .  ...
A origem do pecado, domingo
  E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congrega&...
A natureza do pecado
  Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. .   Porque não faço o bem...
A natureza do pecado, sábado
  Assim trouxeram os sacerdotes a arca da aliança do SENHOR ao seu lugar, ao oráculo da casa, ao lugar santíssimo, at&...