Banner da lição da escola bíblica vigentePara se se ter uma vida espiritual saudável, a busca diária através da oração e da leitura bíblica não é algo opcional. Se quisermos permanecer de pé espiritualmente, mesmo sendo bombardeados todos os dias pelo inferno e todos os tipos de tentações, é imprescindível buscar na fonte eterna, que é Cristo Jesus, forças para cada dia de batalha. Cada cidadão do Reino de Jesus deve tomar sua carne, suas vontades e lançar-se de vez, sem olhar as circunstâncias adversas.

Receba os Devocionais

captcha 

  1 E, OLHANDO ele, viu os ricos lançarem as suas ofertas na arca do tesouro; 2 E viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas; 3 E disse: Em verdade vos digo que lançou mais do que todos, esta pobre viúva; 4 Porque todos aqueles deitaram para as ofertas de Deus do que lhes sobeja; mas esta, da sua pobreza, deitou todo o sustento que tinha.    

Todos nós sabemos que os pensamentos de Deus são mais elevados do que os nossos; razão pela qual, muitas vezes a noção de valores humanos difere, e muito, daquela que Ele considera. Mas, até que ponto o homem está disposto a compreender essa verdade e praticá-la? Quando o assunto é oferta financeira uma sinótica observação se manifesta entre os crentes: “quem mais contribui certamente será mais abençoado...” Sim, a contribuição monetária deve ser feita com generosidade, pois a obra do Senhor, também, depende disso. Porém, a lição de Jesus na observação do esforço de uma senhora pobre em abrir mão do próprio sustento para ofertar, deixa-nos claro que Deus não vê como vê o homem. Para o investimento no Reino do Céu faz-se necessário um coração disposto a tudo. Devo ofertar à medida da minha disposição no espírito em servir ao Senhor com garra e amor por Sua causa, pois isto, sim, me tornará um verdadeiro cristão e minhas ofertas se igualarão a da viúva pobre.

Leia também alguns artigos relacionados:

A lei, a carne e o espírito
Comentário da lição
Que diremos pois?Texto de EstudoQue diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu n&...
Graça maravilhosa
Comentário da lição
Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida...