Banner da lição da escola bíblica vigentePara se se ter uma vida espiritual saudável, a busca diária através da oração e da leitura bíblica não é algo opcional. Se quisermos permanecer de pé espiritualmente, mesmo sendo bombardeados todos os dias pelo inferno e todos os tipos de tentações, é imprescindível buscar na fonte eterna, que é Cristo Jesus, forças para cada dia de batalha. Cada cidadão do Reino de Jesus deve tomar sua carne, suas vontades e lançar-se de vez, sem olhar as circunstâncias adversas.

Receba os Devocionais

captcha 

  Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer. Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.    

João 15:15-16 

No texto de hoje, Jesus nos diz que não foram os discípulos que escolheram Jesus, mas foi Ele quem os escolheu e os designou para frutificar. O ser humano por melhor que ele seja, ele não consegue por si mesmo buscar a Deus de acordo com Romanos 3:10-26. A vontade de amar e servir a Deus vem do próprio Deus, porque o pecado nos leva para longe de Deus. Quando Adão peca no Éden, a reação dele foi fugir de Deus. Deus foi ao encontro de Adão. Assim tem sido até os dias atuais. Deus ama e toma a iniciativa. Em Filipenses 2:13 NAA vemos que “porque Deus é quem efetua em vocês tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade”. Então até o desejo de fazer o que é bom vem de Deus e esse desejo leva o crente a realizar as boas obras que Deus designou para ele fazer. O ser humano não tem mérito e nem crédito nenhum na salvação e na realização das boas obras. Tudo ocorre pela vontade soberana de Deus.

 

Leia também alguns artigos relacionados:

A lei, a carne e o espírito
Comentário da lição
Que diremos pois?Texto de EstudoQue diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu n&...
Graça maravilhosa
Comentário da lição
Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida...