Banner da lição da escola bíblica vigentePara se se ter uma vida espiritual saudável, a busca diária através da oração e da leitura bíblica não é algo opcional. Se quisermos permanecer de pé espiritualmente, mesmo sendo bombardeados todos os dias pelo inferno e todos os tipos de tentações, é imprescindível buscar na fonte eterna, que é Cristo Jesus, forças para cada dia de batalha. Cada cidadão do Reino de Jesus deve tomar sua carne, suas vontades e lançar-se de vez, sem olhar as circunstâncias adversas.

Receba os Devocionais

captcha 

Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.

Mesmo após passar pelo Mar Vermelho de maneira “triunfante” e ter presenciado o agir de Deus de maneira extraordinária, o povo de Israel murmurava tanto pela falta de água quanto, pela falta de alimento. Refletindo sobre os capítulos 15 a 17 de Êxodo, e fazendo uma comparação com a vida de Jesus, observa-se um grande contraste em relação a Sua atitude, quando esteve no deserto, por 40 dias sem água e sem se alimentar, sendo tentado pelo Diabo. Em ambas as situações as condições eram semelhantes: deserto, fome e sede. O povo havia sido liberto da escravidão, havia passado a pés enxutos pelo mar, viram seus opressores morrerem afogados diante dos seus olhos e mesmo assim reclamavam. Jesus estava só, sendo Rei andava em roupas sem brilho algum, passou fome, sede e nenhuma reclamação saiu de seus lábios. Que possamos ser gratos ao Senhor por todas as bênçãos que Ele tem nos dado, que em nosso coração haja gratidão e que o murmurar não saia dos nossos lábios. Não nos esqueçamos de tudo que o Senhor é, Ele jamais nos desampara, Ele caminha conosco e nos acolhe em todas as nossas fraquezas e necessidades.

Leia também alguns artigos relacionados:

Justificação mediante a fé
Comentário da lição
Paulo mostrou que toda a humanidade está espiritualmente morta e sem esperança, sob o julgamento...
Preservando a palavra do Senhor
Comentário da lição
e no próximo, temos dois sermões de despedida que Josué pregou para o povo de...