Escrituras para Reflexão: Gênesis 22:1-14; 2 Crônicas 7; Salmos 51:6; Mateus 21:22; Atos dos Apóstolos 16:6-10; 2 Coríntios 9:8-15; Efésios 1:17-19; Filipenses 2:13; 2 Timóteo 1:7

A quarta prática bíblica para uma oração poderosa é o reconhecimento das respostas e ações divinas. Todos aqueles que tiveram um relacionamento com Deus por meio da Bíblia reconheciam facilmente quando Deus estava falando e agindo em favor deles, fosse Salomão na dedicação do templo, Paulo e o chamado para a Macedônia, ou Abraão mudando de Ur dos Caldeus. Todos eles perceberam o mover de Deus e se juntaram a Ele no Seu trabalho.

Eu creio que Deus pretende que sejamos cada vez mais capazes de fazer o mesmo. É possível percebermos e reconhecermos a voz e as ações de Deus ao nosso redor. Isso acontece quando o buscamos e estamos abertos para ouvir a Sua voz e vê-LO trabalhando.

É possível dizer como Deus agiu e falou e esperar que Ele aja e fale novamente por meio do nosso conhecimento da Escritura. A Bíblia é o padrão para discernir quem é Deus, o que Ele pretende fazer e como pode realizá-lo. Deus usa a Bíblia para impactar nossa compreensão sobre Si mesmo e acerca de como Ele trabalha. O Criador usa a Bíblia para nos reavivar ou nos fortalecer em nosso serviço para Seu Reino. Ele usa a Bíblia para revelar Seus planos para nós. Ele também usa a Bíblia para moldar-nos à imagem de Cristo.

Podemos dizer como Deus funcionou e falou e como Deus pode trabalhar e falar novamente através do nosso conhecimento da Escritura. A Bíblia é o padrão para discernir quem é Deus, o que Ele pretende e como Ele pode realizá-lo. Deus usa a Bíblia para impactar nossa compreensão sobre Si e sobre como Ele trabalha. Ele usa a Bíblia para nos moldar e nos fortalecer em nosso serviço em prol do Reino. Deus usa a Bíblia para revelar Seus planos para nós. Deus também usa a Bíblia para ajudar a nos conformar com a imagem de Cristo.

Ao reconhecer o agir e o falar de Deus e, então, nos unirmos a Ele, podemos conhecê-LO mais intimamente. É Deus quem nos dá fome pelas coisas espirituais. É Ele que nos dá vontade de amar e servir. É Ele que provê nossas necessidades, tanto por meios comuns quanto por extraordinários. É Deus quem nos dá força para passarmos pelas provações e vencermos as tentações.

Você reconhece os meios com que Deus trabalha em nosso mundo? A misericórdia e o agir demonstrados por Deus sobrenaturalmente ou por meio de outros é uma maneira pela qual Ele trabalha por nós. Quantos de nós podem ver Sua graça e misericórdia em ação? Quantos podemos ver as maneiras pelas quais Ele está nos purificando por meio das provações?

Foco da oração:

O que temos visto Deus fazendo para nos convidar a um relacionamento mais profundo com Ele? Que tarefa clara Ele tem dado a nós para servir aos outros em nossa comunidade? Como Deus tem falado ao nosso coração hoje? O que Ele tem nos dito e como nós temos respondido? Como Deus tem agido na vida da nossa igreja local? Como a Sua graça tem sido evidente?

Oremos pelos Batistas do Sétimo Dia na Europa (Inglaterra, Holanda e Polônia)

Artigos Relacionados

Interpretando a palavra, segunda-feira
  Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. .   Mas, buscai...
A palavra é luz
  Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho. .   Lâmpada para os meus pés é...
A palavra é luz, sábado
  E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera. .   E aben...
A palavra é luz, sexta-feira
  Atenta para a obra de Deus; porque quem poderá endireitar o que ele fez torto? ?   Atenta para a obra de Deus; porque quem poder&...