Banner da lição da escola bíblica vigentePara se se ter uma vida espiritual saudável, a busca diária através da oração e da leitura bíblica não é algo opcional. Se quisermos permanecer de pé espiritualmente, mesmo sendo bombardeados todos os dias pelo inferno e todos os tipos de tentações, é imprescindível buscar na fonte eterna, que é Cristo Jesus, forças para cada dia de batalha. Cada cidadão do Reino de Jesus deve tomar sua carne, suas vontades e lançar-se de vez, sem olhar as circunstâncias adversas.

Receba os Devocionais

captcha 

Estudos Bíblicos

Escrituras: Êxodo 3:1-21; 4:1-3

“O que é isso que você tem na sua mão? Ele respondeu: um bordão.” Êxodo 4:2

Escrituras: Salmos 27:4

“Uma coisa peço ao SENHOR e a buscarei: que eu possa morar na Casa do SENHOR todos os dias da minha vida... e meditar no seu templo.” Salmos 27:4

Jesus deixou muito claro que missões não têm fronteiras (Atos dos Apóstolos 1:8). Portanto, as Igrejas Batistas do Sétimo Dia Brasileiras têm tido a tradição de estender a mão e ajudar Batistas do Sétimo Dia em outras nações durante a Semana Mundial de Oração. Entre outros projetos nós já ajudamos a cobrir sete templos do Burundi, para que nossos irmãos pudessem ter um espaço de adoração coberto. Já adquirimos diversas bicicletas e uma moto para facilitar o transporte de pastores e missionários da Nicarágua e Andra Pradesh (Índia), a fim de darem assistência ao seu rebanho e trabalharem no campo missionário. Durante esta semana todos estão convocados participarem da obra Missionária Mundial. Primeiramente, por meio da oração intercessória pelos pastores, missionários e todos os membros dos países alvos desta campanha: Moçambique, Angola e Uganda.

Escrituras: Atos dos Apóstolos 4:1-20

“Ao verem a ousadia de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, ficaram admirados; e reconheceram (uma coisa) que eles haviam estado com Jesus.” Atos dos Apóstolos 4:13

Qual é a fonte de sua confiança? É a sua posição, ou grande títulos? É a sua educação ou seus contatos?

Escrituras: João 9

“... Uma coisa eu sei. Eu era cego, mas agora eu vejo!” João 9:25b

“Uma vez eu estava perdido, mas agora eu fui achado; eu estava cego, mas agora vejo”, essas palavras são de um sermão pregado em 1 de janeiro de 1773 por John Newton, um capitão iniciante de navio de escravos que mais tarde se opôs à escravidão e ao tráfico de escravos. Ele foi transformado através de um dos renomados pregadores ingleses na história da Inglaterra e autor de vários hinos. “Maravilhosa Graça, que doce som, que salvou um miserável como eu”, é um hino de testemunho originalmente escrito por ele para acompanhar o sermão do Dia de Ano Novo dele. O hino é um testemunho do coração baseado na real experiência dele. Esta é uma das grandes canções de nosso tempo traduzida em várias línguas apesar de ser de séculos passados, ela ainda permanece moderna e relevante para a maioria de nós.

Escrituras: Lucas 18:18-25 ou Mateus 19:16-24

“Uma coisa te falta…” Lucas 18:22

O jovem não era apenas rico, mas ele era muito religioso. Desde a infância ele foi doutrinado a memorizar a lei e diligentemente guardá-la. Ele obviamente visitou o templo com muita frequência, segundo os rituais dos momentos de oração, ele dizimava e dava toda oferta requerida. Na verdade ele só veio até Jesus para receber a confirmação que ele estava no caminho correto. Apesar de todos esses esforços, Jesus notou que o jovem estava aquém em uma coisa. Quando Jesus tocou na ferida dele, o jovem que era um administrador, saiu desapontado e frustrado. A riqueza é um símbolo de conquistas, ela garante um estilo de vida confortável, a riqueza dá às pessoas uma posição de status na sociedade, a riqueza é um potencial para posição de poder. Alguns a adquirem por herança enquanto outros por trabalho duro e suor.

Desde 1967, durante toda a primeira semana de janeiro, os Batistas do Sétimo Dia de todo o mundo se unem em oração, compartilhando meditações centradas em um tema que é escolhido pelo autor de cada ano.

Os propósitos da Federação Mundial Batista do Sétimo Dia são:

  1. Proporcionar maior comunicação entre grupos de Batistas do Sétimo Dia em todo o mundo.
  2. Promover projetos de interesse mútuo que se beneficiarão da cooperação internacional.
  3. Estimular a comunhão entre Cristãos Batistas do Sétimo Dia por meio de encontros periódicos de representantes entre Conferências ou grupos e programas de auxílio mútuo.
  4. Receber e avaliar declarações de necessidade endereçadas à Federação e compartilhar tais expressões de necessidades com as Conferências afiliadas, convidando-as a responderem conforme o Senhor as guiar.