Imprimir
Lições Bíblicas
Acessos: 1318
Ano 2017
Autor
Número de Páginas 200
Disponibilidade PDF Somente
Tipo de Livro E-Book (PDF)
Formato 14x21cm
ISBN 978-85-464-0430-8

A importância fundamental de Romanos, na história da Igreja, é bem conhecida. Muitas vezes, tal carta desempenhou papel decisivo na renovação da fé e da vida cristã. Para alguns teólogos, Romanos é o maior tratado teológico do Novo Testamento. Lutero disse que o livro era “realmente a parte principal do Novo Testamento e... verdadeiramente, o que há de mais puro no Evangelho”. E acrescentou: “Todo o cristão deveria não apenas o conhecer de coração, palavra por palavra, mas também se ocupar com ele, a cada dia, como pão cotidiano para a sua alma”.

Calvino escreveu algo parecido ao declarar que, “se nós atingirmos uma verdadeira compreensão quanto a essa Epístola, teremos uma porta aberta para todos os tesouros mais profundos da Escritura”. William Tyndale, o pai dos tradutores da Bíblia na língua inglesa, no Prólogo que escreveu ao livro de Romanos, descreve-o como “a principal e mais excelente parte do Novo Testamento, o Evangelho - isto é, a boa-nova - em sua essência mais pura”. Em suma, percebe- mos a importância deste livro em diferentes épocas da Igreja Cristã, e isso não é diferente em nossos dias.

A autoria de Romanos é conferida ao apóstolo Paulo (Caps. 1,15 e 16), embora quem a tenha redigido foi seu secretário, Tércio (16:21). A carta já era citada e classificada como de autoria de Paulo, durante o século 2. Sua autenticidade tem sido raramente questionada.

A Igreja de Roma, naquela época, era composta tanto de judeus quanto de gentios. No texto de Romanos 1:13 indica-se uma predominância de gentios, mas o fato não é comprovado.

Diferentemente das outras cartas, Paulo não escreveu aos romanos para resolver problemas locais e circunstanciais. Por isso, ela parece mais um tratado teológico que uma epístola pastoral. Romanos tem sido chamado de “carta profilática”. Paulo sabia que a melhor proteção contra a infecção do falso ensino era o antisséptico da verdade 1 . E escreve a Carta aos Romanos também com outros objetivos: expressar seu profundo amor pelos cristãos lá presentes (1:8); pedir orações a seu favor (15:30,31); “Comunicar sua intensão de visitar Roma com vistas a uma viagem missionária à Espanha (15:24-28) e fazer uma exposição detalhada do Evangelho.

O tema principal da carta é “A graça de Deus”, mais especificamente a “Justificação pela graça, mediante a fé”. (1:17) Mas o apóstolo também dá ênfase a outros temas importantes, como “A unidade da Igreja”, “A universalidade do pecado”, “A Justiça de Deus no Evangelho”, a “Nova vida em Cristo”, dentre outros.

Um trimestre é pouco tempo para explorar o conteúdo de um livro tão profundo em verdades doutrinárias! E é um privilégio poder, durante este período, dar uma atenção especial e desfrutar dos ricos ensinos que Romanos transmite.

No amor do Pai,

Pr. Renato Sidnei Negri Jr.

Direitos reservados por:
Conferência Batista do Sétimo Dia Brasileira