Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.    

João 6:38 

Quando Jesus fez o discurso na sinagoga de Cafarnaum dizendo que Ele era o pão da vida que desceu do céu e que aquele que comesse da Sua carne e bebesse do Seu sangue teria vida eterna, muitos se escandalizaram e deixaram de segui-lO. Mas o que Ele quis dizer é que Se daria em sacrifício para resgate de todo aquele que cresse nEle. E, como sabemos, essa foi uma missão nada fácil para Jesus, tanto que suou sangue e pediu ao Pai para que afastasse d’Ele aquele cálice. Não obstante, foi para isso que desceu do céu, deixando a Sua glória para Se tornar um homem e ser obediente até a morte, e morte de cruz. Quando tomamos a santa ceia, muitas vezes não temos a dimensão do que isso representa, mas pensemos no alto preço que foi pago para que nós tivéssemos vida!

Artigos Relacionados

As alianças divinas, segunda-feira
Deus muda o nome de Abrão para Abraão, pai de muitas nações , quem são os fi lhos de Abraão hoje? ?  ...
A biblioteca de Deus, sexta-feira
  Para sempre, ó SENHOR, a tua palavra permanece no céu. .   Para sempre, ó SENHOR, a tua palavra permanece no c&...
A inerrância bíblica, segunda-feira
  Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. .   Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.  ...
A inspiração da Palavra II
  O Espírito do SENHOR falou por mim, e a sua palavra está na minha boca. .   O Espírito do SENHOR falou por mim, e a...