"Vocês também ouviram o que foi dito aos seus antepassados: ‘Não jure falsamente, mas cumpra os juramentos que você fez diante do Senhor’. Mas eu lhes digo: Não jurem de forma alguma: nem pelo céu, porque é o trono de Deus; nem pela terra, porque é o estrado de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei. E não jure pela sua cabeça, pois você não pode tornar branco ou preto nem um fio de cabelo. Seja o seu ‘sim’, ‘sim’, e o seu ‘não’, ‘não’; o que passar disso vem do Maligno".

Mateus 5:33-37

NOSSAS PALAVRAS SEJAM FRUTOS DE UMA VIDA COM JESUS


A nossa vida é feita de escolhas, muitas delas podem vir ao encontro de nossos desejos e realizações. Outras vezes, elas nos afastam dos projetos que sonhamos realizar. Precisamos levar em consideração quais são os caminhos que devemos seguir e se eles estão nos direcionando para alcançar os propósitos que Deus tem para nós. Todas as nossas decisões devem estar conforme a vontade do Pai. Mas como saber se estamos vivendo conforme o que Ele nos designou? Como são as nossas atitudes ao tomar decisões que modificam as nossas vidas e das pessoas com as quais nos relacionamos?

Refletimos se podemos nos considerar realizadas e felizes por ter tomado essas decisões? Muitas vezes, lamentamos por escolhas erradas que poderíamos ter evitado se tivéssemos um olhar mais voltado para a Palavra de Deus. Esse modo de agir deve ser agregado ao nosso cotidiano como lições aprendidas e futuros testemunhos de confiança e temor ao Senhor. Todavia, a nossa confiança deve estar firmada na Rocha, n’Aquele que faz o impossível se tornar possível por amor a Seus filhos. Encontramos palavras de salvação e fortalecimento em Salmos 31:2: “Inclina para mim os teus ouvidos, livra-me depressa; sê a minha firme rocha, uma casa fortíssima que me salve.” Fomos resgatados pelo amor misericordioso de Deus.

Leia também alguns artigos relacionados:

Jesus e as mulheres Jesus e as mulheres
Comentário da lição
A cultura machista predominava no Judaísmo dos tempos bíblicos. Basta uma leitura superficial do...
Encontro de Mulheres Encontro de Mulheres
Igreja no Brasil
Saudamos a todas as irmãs e líderes de suas igrejas locais com a paz de Jesus, nosso Salvador! Os...

A nossa maior certeza está no ato de amor que através de Jesus Cristo foi concretizado na Sua morte na cruz. Em momento algum devemos retroceder da decisão de seguir Jesus e Seus ensinamentos. Jesus na passagem de Mateus 5:33-37 nos ensina que, assim como nos tempos do Antigo Testamento, os judeus eram advertidos a não jurar falsamente, mas a cumprir com seus juramentos perante o Senhor. Também devemos agir dessa maneira por obediência aos ensinamentos deixados por Jesus, que são orientações para nos fortalecer durante o tempo em que vivemos neste mundo. Somos admoestados a não prestar juramentos de forma alguma com o que é sagrado, com o que pertence a Deus: “Eu, porém, vos digo: de modo algum jureis; nem pelo céu, por ser o trono de Deus” (Mt. 5:34). Sejamos íntegras em nosso falar e assim sejam as nossas ações, pois somos estrangeiras nesta terra, tudo nos foi dado para a glória do Senhor: “Nem pela terra, por ser estrado de seus pés; nem por Jerusalém, por ser cidade do grande Rei” (Mateus 5:35). Em Mateus 5:36 Jesus nos alerta da nossa condição de dependência e fragilidade diante da grandeza de Deus: “Nem jures pela tua cabeça, porque não podes tornar um cabelo branco ou preto.” (Mt. 5:36).

Em todos os momentos sejamos exemplos: em nosso trabalho, nas nossas casas, na igreja e, principalmente, quando não tem ninguém nos observando, sejamos sempre retas. Que as nossas palavras sejam condizentes com as nossas atitudes. Antes de assumirmos responsabilidades, busquemos em Deus a orientação e direção do que devemos fazer e Deus nos guiará para que tenhamos escolhas felizes, pois priorizamos o Seu falar, O seguimos com singeleza de coração e assim O contemplaremos através de nossas ações. Dessa maneira, os projetos aos quais somos chamadas a realizar serão concluídos com êxito, através da nossa conduta de obediência e fé. Que o nosso falar seja fruto do nosso viver em Cristo, segundo Seus ensinamentos. Dessa maneira iremos usufruir de uma vida cheia de bênçãos e da paz que somente encontramos em Deus: “Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que se passar disso vem do maligno” (Mt.5.37).

Como irmãs em Cristo, a nossa missão é a de viver o: [...] Ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; (Mateus 28:19). Como praticantes desse amor sejamos testemunhas vivos em nossas atitudes e palavras. Sejamos mulheres de uma só palavra, busquemos ser corretas ao expressar nossa fé e convicções. Para isso, faz-se necessário um relacionamento íntimo de consagração diária com Jesus. Que o exemplo e retidão de Cristo em nossas vidas nos transformem em mulheres bem aventuradas, fortalecidas e capacitadas para servir ao Reino de Deus.