Banner da lição da escola bíblica vigentePara se se ter uma vida espiritual saudável, a busca diária através da oração e da leitura bíblica não é algo opcional. Se quisermos permanecer de pé espiritualmente, mesmo sendo bombardeados todos os dias pelo inferno e todos os tipos de tentações, é imprescindível buscar na fonte eterna, que é Cristo Jesus, forças para cada dia de batalha. Cada cidadão do Reino de Jesus deve tomar sua carne, suas vontades e lançar-se de vez, sem olhar as circunstâncias adversas.

Receba os Devocionais

Estudos Bíblicos

Esta é o terceiro texto de uma série sobre a Oração do Senhor, escrita pelo Pastor Phil Lawton, da Igreja Batista do Sétimo Dia de Shiloh, NJ.

Eu não dormi bem a noite passada. Acordei esta manhã com a notícia de que um dos meus amigos havia morrido em um acidente automobilístico. Eu fui esmagado. Não só porque um amigo se foi, mas porque parecia mais uma coisa. Ultimamente parece que o mundo está desmoronando. A notícia nunca é alegre. O feed de meu Facebook constantemente me lembra que os seres humanos têm mais cuidado com os animais do que uns com os outros. Meu trabalho é cheio de conflitos.

[Nota da Tradutora: O inglês apresenta dois termos para nossa palavra céu. Heaven indica o céu espiritual, morada de Deus e dos anjos. Sky indica o nosso céu azul, atmosférico. Como a compreensão dessas palavras irá alterar o significado do contexto, será colocado entre colchetes sobre qual céu o autor está se referindo.]

Nós provavelmente não gastamos tanto tempo para entender esse assunto quanto deveríamos.

Céu [Heaven]. Se você perguntasse para a maioria dos Americanos, eles falariam que o céu está acima das nuvens. Lá tem nuvens fofas e portões de ouro e anjos com harpas e auréolas. Mas não é isso o que Jesus realmente quis dizer quando disse que o Pai está no céu. Na verdade, Ele disse que o Pai está nos céus. Ele usou o plural. Para alguns isso não significa coisa alguma, para outros isso pode mudar o significado.

Esta é o primeiro texto de uma série sobre a Oração do Senhor, escrita pelo Pastor Phil Lawton, da Igreja Batista do Sétimo Dia de Shiloh, NJ.

Parte 1: Pai Nosso

Todas as semanas, em todo o mundo, os cristãos recitam a Oração do Senhor. Eles fazem isso porque é o que eles sempre fizeram. Eles fazem isso porque é familiar. Eles fazem isso porque essa é a oração que Jesus nos ordenou orar. Mas eu me pergunto quantos deles realmente entendem o que Jesus está nos contando através dela. Eles entendem que Ele encapsulou Seu Sermão do Monte nesta oração? Se eles realmente entenderem o que as palavras significam, eles continuarão a orá-las?

Por isso o Senhor mesmo lhes dará um sinal: a virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e o chamará Emanuel.

Isaías 7:14

Os críticos muitas vezes afirmam que este versículo nunca se destinou a ser uma profecia messiânica. Eles apontam que Isaías 7 descreve um encontro entre Isaías e o rei Acaz. O ‘sinal’ em Isaías 7:14 é oferecido ao rei para assegurar-lhe que Deus livrará Judá da sua coalizão de inimigos. O sinal de um Messias que nasceria muito tempo depois que o rei Acaz estava morto não parece cumprir o objetivo. Eles argumentam, portanto, que Isaías 7:14 só poderia estar falando sobre algo que aconteceu pouco depois que Isaías falou essas palavras e não tinha nada a ver com o Messias.

Neste mês de outubro, no dia 31, celebra-se os 500 anos da Reforma Protestante do século XVI. Reformar é formar de novo. No século XVI os Reformadores se viram em uma Igreja que havia se conformado ao mundo (Romanos 12:2), se deformado e distanciado das Escrituras Sagradas, e, então, iniciaram cada um, a partir de onde estava um movimento que visava reformar a Igreja, levando-a de volta aos princípios bíblicos, e à simplicidade dos primeiros séculos. A pesada estrutura de então, apegada aos seus conceitos, não se deixou reformar, e o movimento protestante deu origem às Igrejas Protestantes.

Quando alguém pesquisa sobre os batistas e, mais especificamente, os Batistas do Sétimo Dia, acabam fazendo prolegômenos e mais prolegômenos sobre suas origens e desenvolvimento em solo inglês e especialmente, norte-americano. Isto se dá porque há uma relativa necessidade de conhecer e entender a forma pela qual nós os Batistas que aceitaram a vigência plena dos Dez Mandamentos interpretamos, concebemos e construímos nossa fé e, por consequência nosso modo de ser. O modo de ser Batista do Sétimo Dia está ligado a alguns fatores, entre eles:

cruz-vazia-2Se Jesus tivesse morrido na sexta-feira como dizem a maioria dos evangélicos, ele teria que ressuscitar somente na segunda-feira a tardinha para se completar os três dias e três noites profetizado por ele mesmo em Mateus 12:39-40.

Estudos Bíblicos

Baixe o 1º Capítulo da Revista de Estudos Bíblicos do 3º Trimestre de 2012. Veja +

Desde 1967, durante toda a primeira semana de janeiro, os Batistas do Sétimo Dia de todo o mundo se unem em oração, compartilhando meditações centradas em um tema que é escolhido pelo autor de cada ano.

Os propósitos da Federação Mundial Batista do Sétimo Dia são:

  1. Proporcionar maior comunicação entre grupos de Batistas do Sétimo Dia em todo o mundo.
  2. Promover projetos de interesse mútuo que se beneficiarão da cooperação internacional.
  3. Estimular a comunhão entre Cristãos Batistas do Sétimo Dia por meio de encontros periódicos de representantes entre Conferências ou grupos e programas de auxílio mútuo.
  4. Receber e avaliar declarações de necessidade endereçadas à Federação e compartilhar tais expressões de necessidades com as Conferências afiliadas, convidando-as a responderem conforme o Senhor as guiar.