Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor.” (João 15:9)

Todo mundo quer amar e ser amado. Ninguém vive feliz sem amor, mesmo aquela pessoa “durona”, que diz que não precisa de amor para ser feliz, na realidade precisa sim. Todos precisam. Há um momento em nossa vida que sentimos um vazio que faz com que a vida fique incompleta, mesmo tendo amigos e família que nos amem, e esse vazio não é preenchido até encontrarmos o verdadeiro e maior amor: JESUS.

Quando é um encontro verdadeiro de coração, descobrimos que Jesus era o que faltava. Achamos o tão aguardado “verdadeiro amor” e ele passa a ser simplesmente tudo em nossa vida.

Se estamos tristes, é Jesus quem vai nos consolar; se estamos alegres, ele se alegrará conosco; se não sabemos o que fazer, ele nos mostrará o melhor caminho; se nos sentimos sozinhos, é Jesus quem encontraremos ao nosso lado; se uma lágrima cair e palavras não saírem, ele não vai nos encher de perguntas, vai nos pegar no colo e entender cada lágrima.

O amor de Cristo é o maior amor que existe (João 15:13). Um amor que o levou até a cruz. Muitos o seguiram durante sua vida, mas quando chegou a hora mais difícil, onde foi condenado e crucificado, todos lhe abandonaram, até mesmo aqueles que ele tinha escolhido para serem seus discípulos. Quando precisou ser consolado, não achou ninguém ao seu lado. Seu suor se tornou em sangue, porque estava sofrendo muito e sabia de tudo que ainda iria sofrer, mas mesmo com uma tristeza que mal podia suportar, Jesus não reclamou e nem recuou, foi em frente por amor a mim e a você.

Ele não precisava vir ao mundo e passar por tudo o que passou. Ele é santo, não tem pecado nenhum; mas por amor Jesus veio, sofreu como um pecador e venceu!

Jesus carregou a cruz que nós, pecadores, tínhamos que carregar, tomou nossos pecados sobre si. Deu a sua vida por aqueles que o rejeitaram e, mesmo na cruz, pediu que Deus perdoasse àqueles que tinham-no crucificado, àqueles que tinham cuspido em seu rosto, que haviam lhe batido, que haviam lhe coroado com uma coroa de espinhos. Que amor! Foi por cada um de nós, por nossos pecados que passou por tudo isso. Jesus morreu por nós, seu sangue foi o preço que ele pagou, e hoje podemos ser salvos por ele. Só por ele!

Não há uma pessoa que Jesus não ame. Ele teve que subir ao Pai, mas seu amor continua em nós. Ele cuida de suas ovelhas e ama muito todas elas. Hoje só podemos vê-lo com os olhos da fé, mas um dia ele virá nos buscar e então viveremos eternamente no seu amor.

Jesus suportou tudo por você e lhe ama muito. Ele gravou você nas palmas das suas mãos (Isaías 49:16), e nada pode separar você desse amor (Romanos 8:38-39). Ele é o único que nunca lhe abandonará e jamais lhe desamparará.

Artigos Relacionados

Parábola do administrador infiel Parábola do administrador infiel
E DIZIA também aos seus discípulos: Havia um certo homem rico, o qual tinha um mordomo; e este foi acusado perante ele de dissipar os seus bens...
Parábola do Semeador Parábola do Semeador
  Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. .   Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.     Mateus 13:9  A palavra “parábola” tem sua raiz na...
Parábola: O rico insensato Parábola: O rico insensato
  E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui. .   E disse...
Parábola: O rico e o Lázaro Parábola: O rico e o Lázaro
  Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. .   Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos.     Lucas 16:29...