Quando o filisteu começou a vir na direção de Davi, este correu depressa na direção da linha de batalha para enfrentá-lo.

1 Samuel 17:48

Apenas um jovem pastor de ovelhas. Davi seria a última pessoa que alguém poderia imaginar que enfrentaria um homem de dois metros e noventa centímetros de altura, todo equipado e experiente em guerras, afinal, que chance ele teria diante desse gigante?

Com certeza esse foi o pensamento de muitos, para não dizer de todos. Golias “olhou para Davi com desprezo, viu que era só um rapaz, ruivo e de boa aparência, e fez pouco caso dele” (v.41), começou a falar coisas que desanimaria qualquer um. Porém, Davi não estava nem um pouco preocupado com aquela ladainha, pois ele não estava ali em seu nome, mas sim em nome de Deus.

Essa história, sem dúvida, já lhe devolveu o ânimo em algum momento de sua vida. Somos Davi, pequenos, sem experiência, diante dos grandes e temerosos desafios. A diferença é que Davi estava com coragem, confiante que Deus o ajudaria naquela situação que parecia impossível aos olhos das pessoas.

Seria compreensível se na hora “H”, enquanto via Golias vindo em sua direção, Davi num ato de desespero saísse correndo, arrependido por ter se arriscado daquele jeito, porém, o que vemos é Davi se mantendo firme e correndo, não para fugir, mas para enfrentar o tão temido gigante.

O final você já sabe. Deus venceu. Aquele que foi humilhado, surpreendeu a todos usando apenas uma atiradeira e uma pedra para conseguir a vitória sobre seu adversário. Quantas pessoas devem ter pensado que Davi iria morrer, que aquilo não iria dar certo, que era melhor desistir!

Quantas pessoas falam para você que não vai dar certo? Quantas vezes já ouviu que é melhor desistir? Ou será que é você mesmo que está dizendo para si todas essas coisas?

Quando ficamos frente a frente com aquele desafio, a vontade é sim de sair correndo, mas temos que enfrentar aquilo que vier a nos atingir. Temos que ter a coragem de Davi, ir correndo para enfrentar. Até porque, temos o mesmo Deus que ele tinha, temos as mesmas promessas, e se tivermos a mesmo confiança, também teremos a vitória.

Não deve ter sido fácil para esse jovem, mas ele conhecia o Deus a quem servia. Você conhece o Deus a quem serve? Ele está ansioso para passar um tempo com você, se deixar ser conhecido, e lhe dar a certeza de que, seja lá o que você tiver que enfrentar, Ele estará lá, lutando por você.

Escolha enfrentar os desafios propostos em sua vida!

 

 

 

Artigos Relacionados

O cidadão dos céus, segunda-feira
Quando pedimos ajuda para alguém e esta pessoa nos atende de má vontade, o nosso sentimento é de indignação. E tudo...
O cidadão dos céus, domingo
Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no...