Escrituras para Reflexão: 1Reis 18:36-37; 2 Crônicas 5; Neemias 9; João 15:5-7; Atos dos Apóstolos 4:23-31

A primeira prática bíblica da oração poderosa é ter seu foco primariamente em Deus (Seu caráter, Seus atributos e Sua vontade) ao invés de nossas necessidades.

Em Atos dos Apóstolos 4:23-31, a vida de Pedro e João acabara de ser ameaçada. Porém, em vez de começarem a reunião de oração buscando por proteção, eles citaram os Salmos sobre a soberania de Deus sobre toda Sua criação e sua onipotência na necessidade de seu filho, Jesus, ser sacrificado.

Em Neemias 9, o povo estava reunido em assembléia solene. Eventualmente, eles pediram que Deus lhes ajudasse nos tempos de dificuldades, mas em primeiro lugar leram as Escrituras, louvaram a Deus e confessaram seus pecados por mais de meio dia! Quando chegou a hora da oração, eles utilizaram 28 versos em sua prece antes de fazerem um pedido a Deus.

Em 2 Crônicas 5, Salomão lidera o culto de adoração que enfoca em Deus por um momento antes de fazer qualquer pedido ao Senhor.

Fica a pergunta, por que eles começaram a oração com o foco primariamente em Deus?

  1. Deus era mais importante para eles do que terem suas necessidades supridas;
  2. Deus é digno de honra e louvor;
  3. Isso nos ajuda a ver a situação do ponto de vista de Deus e nos ajuda a nos concentrarmos em Sua vontade.

Comecem sua reunião de oração lendo, ouvindo e refletindo nas Escrituras. Principiem com louvor, meditação e testificação ao nome do Senhor. Iniciem falando ou cantando sobre Deus e quem Ele é. Confessem seus pecados. Falem sobre o evangelho uns aos outros e lembrem-se de Seu amor e perdão para aqueles que nEle creem. Então, conectem-se com Deus em oração porque não podemos fazer nada, mas com Ele tudo é possível. Nossas orações serão infrutíferas, se não forem centradas em Deus. Nossas orações quando centradas em Deus resultarão na
resposta divina a nosso favor.

Essa conexão alinhará nossos focos na vida com Deus. Se estivermos desconectados e nossa vida não for centrada em Deus, o resultado será uma auto orientação. Conectados e centrados em Deus resultará em uma orientação divina. Concentrar-se em Deus para a oração renova a nossa mente sobre o que é mais importante e permite que Deus, através do Espírito Santo, transforme nosso coração.

Foco da oração:

No seu tempo de oração hoje, não faça pedidos a Deus. Em vez disso, apenas o louve por quem ele é. Quanto do seu tempo você gasta em seus sonhos, fi nanças e desejos, em vez passar tempo com Deus? Pense sobre o que você pode lembrar da Bíblia, sobre como Deus fez imensamente mais do que o que poderíamos pedir ou imaginar.

Ore para que os Batistas do Sétimo Dia estejam com seus planos e desejos alinhados com os planos e desejos de Deus para eles.

Artigos Relacionados

A oração poderosa acontece quando descansamos em Cristo
Escrituras para Reflexão: Gênesis 2:18; Salmo 73:25; Mateus 18:20; Romanos 12:4-5; Hebreus 10:25 Não há dúvidas em minha mente do poder da oração...
A oração poderosa desenvolve relacionamentos poderosos
Escrituras para Reflexão: Salmo 145; João 16:13-15; Atos 1:14-26; Atos 2:1; Atos 2:42-47 O que posso ver através da Bíblia é que quando o povo de...
A oração poderosa lança todos os cuidados em Deus
Escrituras para Reflexão: Salmo 18:3-19; 22:10; João 2:1-12; Filipenses 4:6-7; 1 Pedro 5:7-10 A quinta prática bíblica da oração poderosa é o lançar...
A oração poderosa reconhece as respostas e ações de Deus
Escrituras para Reflexão: Gênesis 22:1-14; 2 Crônicas 7; Salmo 51:6; Mateus 21:22; Atos 16:6-10; 2 Coríntios 9:8-15; Efésios 1:17-19; Filipenses 2:13...