Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.

Salmos 127:3

Olhemos para o presente que Deus nos deu. O quanto devemos ser gratas a Deus por ter nos dado o privilégio de sermos mães. O Senhor nos presenteia com os filhos, e é o mesmo Senhor que nos chama para criá-los em um ambiente de amor, de proteção, criá-los nos caminhos da bondade, do reto caráter, respeito ao próximo e da fé sincera em Cristo Jesus. Devemos, também, ponderar quanto à responsabilidade que de sermos mãe.

Não é uma missão fácil, temos momentos difíceis, preocupações que talvez nós não tivéssemos se eles não existissem. Sabemos das transformações que eles causaram em nossas vidas, sabemos de tudo isso, mas também sabemos da renovação da força, de alegria e de esperança que eles nos fornecem em cada carinho, em cada sorriso, do aprendizado que temos que cada situação difícil, a recompensa que temos em cada “eu te amo, mamãe”, o conhecimento do melhor lugar do mundo que é dentro do abraço, assim descobrimos que tínhamos “super poderes” como o beijo que cura tudo e a “visão de raios-X” quando percebemos que eles aprontaram alguma coisa. E o olhar... Sabemos se eles estão bem ou não só de olhar. E descobrimos pela boca deles que somos a mãe mais inteligente e linda do mundo. É por causa deles, também, que vem o desejo de ser uma mãe melhor, e é de onde vêm sentimentos contraditórios ao vermos nossos filhos crescendo sentimos alegria e no mesmo instante vem a saudade.

Dói muito para uma mãe dizer não aos seus filhos, mas queremos que eles aprendam a importância dos limites, não vivemos pelos nossos filhos, mas partilhamos tudo com eles, eles seguem sua vida e ficamos na “esquina” olhando eles seguirem em frente.

Momento de compartilhar

Nesse momento cada mãe apresenta seus filhos, fala de cada um, abre seu coração, para que o grupo possa ver seus filhos em cada palavra falada... exemplo:

Meu filho se chama Nícollas ele é meigo, carinhoso e gosto muito quando ele me ensina com sua sinceridade e amor, aprendo muito com ele, pois Deus fala comigo através dele.

Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.

Provérbios 22:6

Nesse momento refletimos o quanto é importante ensinar o caminho correto aos nossos filhos. Dar bons conselhos, ensinar a respeitar o próximo, ser um bom cidadão não basta, temos que ensinar o caminho, e o caminho é Jesus. 

Ensinar sobre Jesus é mais do que contar histórias sobre Ele, é viver em família seus ensinamentos, para que nossos filhos possam aprender a adorá-lo em espírito e em verdade, é passar a eles o desejo, a ânsia de querer exaltá-lo como diz o salmista “minha alma anseia por ti”. 

É não apenas ensinar que Deus nos acolhe, mas fazê-los entender que Deus é o melhor refúgio, que o melhor é confiar Nele e que a salvação vem do alto. (Focar muito nesse dia o tipo de adoração que ensinamos a nossos filhos).

Campanha de Oração: Chamadas para Orar 
Nome:  
Endereço  
Telefone  
Pedido:  
 
Essa tabela é para preencher com o nome dos filhos, um para cada filho.

Débora Iarrocheski Ferreira Padilha

Pastor Patrick Ferreira Padilha

Artigos Relacionados

Chamadas Para Orar: Orientações Chamadas Para Orar: Orientações
Saudações com a gloriosa paz do nosso Senhor Jesus Cristo e com dois preciosos trechos da Palavra de Deus: Esta é a confiança que temos ao...
Dia 2: Focalizando a Missão
Nesse encontro, vamos focalizar a missão que temos como mãe, e a missão que assumimos com esta campanha de orar por nossos filhos. Toda mãe deve...
Dia 4: Focalizando a Ação Dia 4: Focalizando a Ação
Tua oraçÃÇÃO tem poder. Fazer um papelzinho para cada irmã, se possível com imã, para colocar na porta da geladeira ou escrever na mão de...
O fiel guarda dos homens, terça-feira
Como as aves voam, assim o SENHOR dos Exércitos amparará a Jerusalém; ele a amparará, a livrará e, passando, a...