Sucedia, pois, que, tendo decorrido o turno de dias de seus banquetes, enviava Jó, e os santificava, e se levantava de madrugada, e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles; porque dizia Jó: Porventura, pecaram meus filhos e blasfemaram de Deus no seu coração. Assim o fazia Jó continuamente.

Jó 1:5

Em primeiro lugar agradeço a Deus por essa palavra tão abençoada, esse texto falou muito comigo. Aprendo com Jó a trabalhar fervorosamente pela salvação da minha casa, vejo em sua atitude que ele não media esforços (levantando de madrugada) para lutar pelos seus.

Aprendo que devo ficar sempre atenta as ações do meu filho e ficar apreensiva se de alguma forma ele está desagradando a Deus, é muito claro isso no texto quando Jó se questiona “porventura não pecaram em seus corações”. Pois Jó sabia o quanto o pecado desagrada e nos afasta de Deus, tinha medo que seus filhos pudessem se esquecer das orientações divinas e por isso levava-os a Deus como intercessor em favor deles.

Assim nós mães devemos levar nossos filhos a Deus e sermos as intercessoras em favor deles. Até por que, sabemos muito bem, que a fidelidade, o amor, sabedoria e a firmeza com a PALAVRA de Deus traz vida e vida em abundância. E, tal como Jó, devemos fazer isso continuadamente, sem cessar enquanto há vida.

Fomos chamadas para ser mãe... Mãe intercessora, mãe que luta fervorosamente pelo seu filho, mãe que se preocupa com a salvação daquele que ela gerou, mãe que ensina a seu filho ser um verdadeiro adorador enfim, uma mãe que recebe as promessas de Deus, uma mãe que ORA!

Hoje com muita alegria de termos chegado até aqui, e com lágrimas nos olhos encerramos esta campanha. Mas levamos o conhecimento e a certeza que nossa luta continua, pois fomos chamadas para ORAR!

 

Dica para o(a) ministrante:

No último dia da campanha, o Ministrante fala com os filhos, e sem que as mães saibam, preparem uma surpresa para que no meio do culto as se coloquem na frente para orar pelos filhos, e antes delas começarem a orar deve ser perguntado: não seria bom se nossos filhos estivessem aqui? E elas responderam sim, então dizer: que entrem as bênçãos que Deus nos deu!

 

UM ENCONTRO A MAIS:

Elias era humano como nós. Ele orou fervorosamente para que não chovesse, e não choveu sobre a terra durante três anos e meio. Orou outra vez, e o céu enviou chuva, e a terra produziu os seus frutos.

Tiago 5:17-18

Nossa campanha não pode parar depois dos sete encontros. Orar pelos nossos filhos e nossa família deve ser uma prática diária.

Sugerimos que as irmãs marquem um dia, de acordo com a disponibilidade de cada uma, para confeccionar tapetes de oração. Cada irmã pode fazer o seu tapete, e é importante que lembremos que esse tapete não terá poder nenhum. É apenas uma forma de termos algo visível em nossas casas que nos ajude a mantermos um compromisso de oração diária por nossos filhos. Sugerimos 10 minutos de oração todos os dias, especificamente por nossos filhos.

Sugerimos alguns modelos de tapete:

 

Tapete de oração
Tapete de oração
Tapete de oração
Tapete de oração
Tapete de oração
Tapete de oração
Tapete de oração
Tapete de oração
Tapete de oração

 

Artigos Relacionados

Chamadas Para Orar: Orientações Chamadas Para Orar: Orientações
Saudações com a gloriosa paz do nosso Senhor Jesus Cristo e com dois preciosos trechos da Palavra de Deus: Esta é a confiança que temos ao nos...
Dia 6: Focalizando a Promessa
Apeguemo-nos com firmeza à esperança que professamos, pois aquele que prometeu é fiel. Hebreus 10:23 Antes de pensarmos em qualquer uma das...
A palavra é luz
  Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho. .   Lâmpada para os meus pés é...
A palavra é luz, sábado
  E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera. .   E aben...