Banner da lição da escola bíblica vigentePara se se ter uma vida espiritual saudável, a busca diária através da oração e da leitura bíblica não é algo opcional. Se quisermos permanecer de pé espiritualmente, mesmo sendo bombardeados todos os dias pelo inferno e todos os tipos de tentações, é imprescindível buscar na fonte eterna, que é Cristo Jesus, forças para cada dia de batalha. Cada cidadão do Reino de Jesus deve tomar sua carne, suas vontades e lançar-se de vez, sem olhar as circunstâncias adversas.

Receba os Devocionais

  Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.    

Neste trimestre vem sendo estudado a respeito de um assunto de extrema relevância para a Igreja de Cristo: O Espírito Santo. Especificamente nesta lição, sobre os dons espirituais. Os dons são presentes da parte de Deus dispensados sobre Sua Igreja para que seja possível a realização de Sua obra nesta terra e a edificação da mesma. Sendo incontestável que é pela vontade soberana d’Ele, que distribui a cada um conforme Ele mesmo quer. Que o poderoso Espírito Santo nos dirija e nos ensine a cada dia, manifeste em nós seus magníficos dons, para sermos vasos em Suas mãos. 

DEFINIÇÃO DOS DONS

Irmãos, quanto aos dons espirituais, não quero que vocês sejam ignorantes. Vocês sabem que, quando eram pagãos, de uma forma ou de outra eram fortemente atraídos e levados para os ídolos mudos.Por isso, eu lhes afirmo que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: “Jesus seja amaldiçoado”; e ninguém pode dizer: “Jesus é Senhor”, a não ser pelo Espírito Santo. Há diferentes tipos de dons, mas o Espírito é o mesmo.Há diferentes tipos de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.Há diferentes formas de atuação, mas é o mesmo Deus quem efetua tudo em todos (1 Coríntios 12:1-6)”. Antes de mais nada é preciso compreender que apesar de possuírem muita semelhança, dom e talento têm suas particularidades. Talento é natural, independente de crença, o talento pode aparecer por meio da genética ou pelo ambiente em que se vive ou ainda simplesmente porque Deus quis presentear algumas pessoas. Porém o dom é dado somente aos cristãos, servos do Senhor, através do Espírito Santo (Romanos 12:3-6) e tem o objetivo de fazer acontecer o crescimento e edificação da Igreja de Cristo, e assim aconteça também por meio de todo cristão a propagação do Evangelho.

Os dons vêm dotar o povo de Deus de maneira que possam contribuir com a causa do Reino. Ao receber os dons, é esperado que a Igreja do Senhor venha a crescer como um todo, sendo por meio deles fortificada e unificada, ligados todos em um só corpo, onde Cristo é o cabeça. Diferente disso, o talento é resultado ou da genética ou de bastante treino e dedicação, já o dom é resultado do grande poder do Espírito Santo. Qualquer pessoa pode ter talento, mas o dom somente os nascidos de novo podem desfrutar. Aleluia! Contudo, todos podem e devem ser usados para a glória de Deus!

Dons espirituais são capacidades dadas por Deus ao homem (cristão) para serem usados no crescimento da Igreja de Cristo, são poderes dados para realizar curas, maravilhas e sinais, para demonstrarem que verdadeiramente o Espírito Santo está atuando em meio ao Seu povo, são dádivas de Deus com o propósito de salvar almas para Cristo, por isso a preocupação do apóstolo Paulo em advertir que não fossem os dons usados em benefício próprio, mas para a edificação. É imprescindível para a Igreja do Senhor cumprir este propósito, pois nunca foi tão necessário a manifestação dos dons no meio da igreja como nos dias atuais, pois vivemos em uma sociedade corrompida pelo pecado e enganada por falsos milagres e ensinamentos que contradizem o verdadeiro evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.

DISTRIBUIÇÃO

A cada um, porém, é dada a manifestação do Espírito, visando ao bem comum. Pelo Espírito, a um é dada a palavra de sabedoria; a outro, a palavra de conhecimento, pelo mesmo Espírito; a outro, fé, pelo mesmo Espírito; a outro, dons de cura, pelo único Espírito;a outro, poder para operar milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a outro, variedade de línguas; e ainda a outro, interpretação de línguas. Todas essas coisas, porém, são realizadas pelo mesmo e único Espírito, e ele as distribui individualmente, a cada um, conforme quer. (1 Coríntios 12:7-11). No passado, no Antigo Testamento, a relação entre o Espírito Santo e o homem era diferente da forma com que acontece a partir do Novo Testamento e se estende até os dias de hoje e se perpetuará até o fim. Antes de o Espírito Santo ser derramado no Pentecoste, Ele já atuava nos servos de Deus (Gênesis 41:38; Êxodo 31:3; Números 11:17-25; Juízes 13:25) sendo algo temporário e provisório (1 Samuel 16:14; Salmos 51:11); já no Novo Testamento, depois que se cumpriu a promessa do Pai de ser derramado o Espírito Santo (Joel 2:28-29), o coração e vida daquele que foi regenerado passou a ser a habitação do Espírito Santo.

Hoje em momento algum o nascido de novo fica sem o Espírito (João 14:16-17; Romanos 8:9; Efésios 1:13). Mesmo que hajam momentos de fraquezas e até o entristeçamos (Efésios 4:30), a habitação do Espírito Santo é um dom gratuito de Deus (Romanos 5:5), estendido a todos os que creem, Sua função no ser humano é torná-lo mais semelhante a Cristo, que é o alvo e também o padrão de todo cristão, desenvolvendo assim, o caráter do cristão perfeito, que reflete no fruto do Espírito (Gálatas 5:22-23). Ele revela no íntimo do coração do crente sua relação com Deus (Romanos 8:14-17), o ajuda quando se encontra abatido (João 14:16-18), e mostra-Se sempre presente, de maneira que não o desampara. Também traz alegria e paz ao coração do crente (Romanos 14:17; Romanos 15:13).

A palavra do Senhor nos ensina que os dons não estão somente sobre uma pessoa, o apóstolo Paulo vai utilizar-se da referência do corpo humano, para mostrar aos seus leitores que cada parte tem sua função e que todos estão ligados e coordenados, assim sendo o corpo de Cristo exerce inúmeras funções, pois foi dado a cada um o poder de exercer distintas funções, para o bom andamento e funcionamento do corpo. (Romanos 12:4-6; 1 Coríntios 12:12-14,27). É muito comum se ouvir no meio dos cristãos que não se sabe o dom que tem ou que não possui nenhum dom, por isso o apóstolo novamente nos adverte que é para buscar com zelo os melhores dons (1 Coríntios 14:1)e nessa busca, descobrirão o seu chamado.

FONTE DOS DONS

No Novo Testamento, escrito em grego, a palavra “dom” assume de igual modo significados diversos. O termo “doma” indica a oferta de um “presente”, “boa coisa” (Mateus 7:11); o “pão nosso” é uma dádiva de Deus (Lucas 11:13); “dons”, concedidos por Deus aos homens (Efésios 4:8), com base no Salmos 68:19. A palavra cháris indica “dom gratuito”, ou “graça” (2 Coríntios 8:4). O termo charisma é muito utilizado em estudos bíblicos, pois tem o significado de “dons do Espírito”, concedidos pela graça de Deus, com propósitos muito elevados; é relacionado ao termo t a c h a r is m a t a , utilizado em 1 Coríntios 12:4-9,28,30,31, que tem o sentido de “dons da graça”. Há o termo grego ta pneumática , usado por Paulo, em 1 Coríntios 12:1; 14:1, que se refere a “dons espirituais”. Em o Novo Testamento, os dons de Deus estão à disposição de todos os que creem, com a finalidade de promover graça, poder e unção à Igreja no exercício de sua missão, de forma que Cristo seja glorificado. O apóstolo Paulo estabelece a verdade de que os dons em toda a sua diversidade emanam do único Espírito de Deus. Ele é soberano, e, ao conceder essas experiências individualmente a quem ele quer, elimina as razões para ciúmes ou imitações das experiências dos outros (1 Coríntios 12:1-3).

 A EXTENSÃO DOS DONS

Eu lhes envio a promessa de meu Pai; mas fiquem na cidade até serem revestidos do poder do alto”. (Lucas 24:49). Os dons espirituais possuem dois propósitos: para a Glória de Deus e para edificação da igreja. Os dons do Espírito Santo não nos é dado para que nos autopromovamos, ninguém, nenhum membro da igreja pode se gloriar por receber de Deus esse ou aquele dom, porque estes dons não são distribuídos por meritocracia, é pura e simplesmente graça. Se o homem usa os dons para exaltação própria, ele divide a igreja do Senhor, quando o propósito é edificá-la; sua finalidade é equipar a igreja e pregar o evangelho, o que continuará até a volta de Cristo. Paulo adverte os féis a progredir no uso dos dons. É preciso se alcançar toda a terra, como o próprio Cristo disse: “até os confins da terra” Os dons devem ser usados de maneira que: Os cristãos sejam despenseiros da multiforme graça de Deus (1 Pedro 4:10).

Utilizem em favor do bem comum da igreja de Cristo (1 Coríntios 12:7), edifiquem a igreja (Efésios 4:12-14). A importante missão da igreja revestida de dons é propagar o Evangelho. Em Jerusalém, sobre os cristãos, no dia do Pentecoste (Atos dos Apóstolos 2 1-4). Em Samaria, o Espírito foi derramado sobre os cristãos samaritanos (Atos dos Apóstolos 8:14-17).Em Cesaréia, sobre os cristãos gentios, na casa de Cornélio. (Atos dos Apóstolos 10 44-46). Em Éfeso, sobre os seguidores de João Batista (Atos dos Apóstolos 19 2-6). Na atualidade os dons dados pelo Espírito Santo têm permitido serem alcançados os quatro cantos da terra, como foi a ordem do Mestre.

A DESCRIÇÃO DOS DONS

No Novo Testamento temos listas dos dons espirituais em algumas passagens. Confira nas seguintes passagens bíblicas: 1 Coríntios 12:28 1 Coríntios 12:8-10, Efésios 4:11 Romanos 12:6-8, 1 Pedro 4:11 . A pergunta é: Quantos dons diferentes existem? O objetivo em questão é deixar claro que Deus dá à sua igreja uma variedade admirável de dons espirituais, mas que todos eles derivam da multiforme graça de Deus, como cita o apóstolo Pedro (1 Pedro 4:10). A palavra “multiforme” aqui é poikilos, e seu significado é: “possui muitas facetas ou aspectos, rica diversidade” uma igreja saudável, deve sim possuir uma diversidade de dons que a ajude a cumprir o propósito pelo qual ela foi chamada (igreja significa – chamados para fora), ou seja, para anunciar e fazer manifesto o poder de Deus entre os povos. E isso não deve sob hipótese alguma fragmentá-la, mas ao contrário disso, levá-la a uma unidade ainda maior e fortificada.

CONCLUSÃO

A igreja de Cristo nessa terra precisa fundamentalmente de viver essas experiências através das manifestações dos dons do Espírito Santo, pois além de crescimento, na atual realidade cristã, é preciso viver uma cura, onde em tempo de um evangelho frágil e doente, é preciso a igreja se levantar e apresentar ao mundo o verdadeiro evangelho do Mestre, o que gera e conduz à vida eterna. Amém.

 

QUESTÕES PARA DISCUSSÃO EM CLASSE:

  1. Qual é o propósito dos dons espirituais?
  2. Até onde os dons devem manifestar o poder de Deus?
  3. O que o apóstolo Pedro quis dizer com “Multiforme graça”?
  4. Quantos dons existem? 

 

Notas de Rodapé

1 Wagner, C. P. (2004). Descubra seus dons espirituais (4ª Edição ed.). (J. Bentes, Trad.) São Paulo: Abba Press. página 225

2 (Wagner, 2004), página 222

3 (Wagner, 2004), página 104

4 (Wagner, 2004), página 209

5 (Wagner, 2004), página 70

6 (Wagner, 2004), página 173

7 (Wagner, 2004), página 154

8 RENOVATO, Elinaldo. Dons espirituais e ministeriais: servindo a Deus e aos homens com poder extraordinário. RJ: CPAD, 2014, p.11

9 SEVERA, Zacarias de Aguiar. Manual de teologia sistemática. Curitiba: AD Santos, p. 320-336

10 RENOVATO Elinaldo. Dons espirituais e ministeriais: servindo a Deus e aos homens com poder extraordinário. RJ: CPAD, 2014, p.11

11 BRUCE, F.F. comentário Bíblico NVI. SP. Editora Vida. 2008. P. 1906

12 SEVERA, Zacarias de Aguiar. Manual de teologia sistemática. Curitiba: AD Santos, p. 320 e 321

13 GRUDEM, Wayne A. Op. Cit. P. 863

14 GRUDEM, Wayne A. Op. Cit. P. 864

Artigos Relacionados

Ilustrações bíblicas do Espírito Santo
  E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais...
Ilustrações bíblicas do Espírito Santo sábado
ada é mais importante na vida do cristão do que o Espírito Santo. .   E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e...
Ilustrações bíblicas do Espirito Santo, sexta-feira
  E, havendo dito isto, assoprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo. .   E, havendo dito isto, assoprou sobre eles e...
Ilustrações bíblicas do Espirito Santo, quinta-feira
  E, havendo dito isto, assoprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo. .  E, havendo dito isto, assoprou sobre eles e...