"O que receio, e quero evitar, é que assim como a serpente enganou Eva com astúcia, a mente de vocês seja corrompida e se desvie da sua sincera e pura devoção a Cristo." (2Coríntios 11:3)

Existe uma guerra acontecendo, não podemos ver, mas apesar disso estamos envolvidos nela. Desde que perdeu a batalha no céu e foi lançado com seus anjos para a terra, Satanás tem tentado de todas as maneiras, e de modo insistente, fazer com que os filhos de Deus se percam assim como ele se perdeu.

No começo, onde parecia não ter arma para usar, ele arrumou um jeito e usou a serpente para chegar até Eva e enganá-la, distorcendo tudo o que Deus tinha dito a ela, e como era mais agradável o que a serpente falou, Eva preferiu ouvi-la e "trair" o seu Criador. Satanás gostou dessa atitude de Eva. Gostou tanto, que nunca mais parou de fazer isso.

Hoje, ele não usa animais para o seu plano de enganar as pessoas, ele usa as próprias pessoas. É muito fácil para ele fazer isso, é só apresentar um caminho mais fácil do que o de Jesus. Uma vida sem regras, sem limites; uma vida de curtição, onde o que importa é ser feliz. “Faça o que tiver vontade, você é livre! Não se preocupe com o próximo, se preocupe com você. Seja desonesto se for preciso para "subir na vida". Você não precisa gastar seu tempo, indo à igreja, vá para uma festa. Beba. Experimente tudo o que quiser”. Que tal?

Esse é o caminho largo, e você pode até sentir momentos de prazer se segui-lo. Pelo menos enquanto estiver no caminho. Você quer ir por ele? O medo de Paulo é que a resposta dessa pergunta fosse "sim". Quando se escolhe ir pelo caminho mais fácil, é sinal de que a pessoa deixou se "corromper e se desviou da sincera e pura devoção a Cristo". É sinal de que Satanás conseguiu mais uma vez. Quando alguém nos apresenta esses e outros caminhos que nos distanciam de Deus, é sinal de que essa pessoa pode estar sendo a “serpente” em nossa vida.

Muitas vezes, isso acontece aos poucos, sem a pessoa perceber que está se afastando de Cristo. Satanás chega de uma forma agradável, atraente, onde não parece apresentar riscos a nossa fé, ele é astuto, essa é a sua especialidade.

Por isso a Palavra de Deus nos alerta: "Estejam alertas e vigiem. O Diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar" (1 Pedro 5:8). Ele está procurando e fará de tudo para desviar as pessoas do caminho certo. Mas a Bíblia também nos fala o que devemos fazer para não cair em suas armadilhas: "Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do Diabo, pois a nossa luta não é contra seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. Por isso, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau e permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo

(Efésios 6:11-13). E essa armadura está descrita nos versículos 14-18.

Deus nos deu a "chave" para vencer as armadilhas do nosso inimigo. Ele nos falou o que devemos fazer. Agora cabe a cada um de nós fazer a nossa escolha: o caminho mais largo, que proporciona prazeres momentâneos, ou o caminho estreito, o mais difícil, mas que é o caminho da vitória. Não nos deixemos ser enganamos pelo inimigo, estar em comunhão com Deus é a nossa arma para essa batalha!

Artigos Relacionados

Simplesmente Agradeça! Simplesmente Agradeça!
“Pois o Senhor, o seu Deus, os tem abençoado em tudo o que vocês têm feito. Ele cuidou de vocês em sua jornada por este grande deserto. Nestes...
O Grande Quebra-Cabeça! O Grande Quebra-Cabeça!
“Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem, para que hoje fosse preservada a vida de muitos.” Gênesis 50:20 Você já deve ter ouvido...
Bons Tempos Bons Tempos
“Nós nos lembramos dos peixes que comíamos de graça no Egito, e também dos pepinos, das melancias, dos alhos-porós, das cebolas e dos alhos. Mas...
Respostas Bíblicas para Tempos de Crise Respostas Bíblicas para Tempos de Crise
  O Estado está economicamente fraco, sendo alvo de interesse das nações estrangeiras, desejosas por expandirem mais e mais sua influência. Pesadas...