O FRUTO 

Podar é uma das tarefas mais importantes para o crescimento de uma videira. Até 90% da videira é cortada na poda anual. O jardineiro inteligente sabe que a poda correta interfere na quantidade e qualidade do fruto.

A Bíblia nos dá um exemplo terreno para explicar um princípio espiritual. Jesus afirmou:

"Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda.

João 15:1-2

O fruto de que Jesus fala está relacionado à nossa disposição, atitude e natureza cristã. Nossa reação à poda revela o grau verdadeiro de nossa maturidade espiritual.

 Não estamos onde Deus quer que estejamos, pois não somos perfeitas. E o fato de não termos alcançado a perfeição significa que seremos podadas – regularmente. Devemos nos entregar voluntariamente à poda, mesmo que seja desconfortável e doloroso. Lembre-se que você está sendo podada para florescer e produzir bons e muitos frutos.

ÉPOCA DE PODAR E FLORESCER

Geralmente nos encontramos em uma destas três situações: acabamos de ser podadas, estamos voltando a crescer depois da poda ou estamos em pleno florescimento. Talvez sua vida esteja indo muito bem. Aproveite, mas lembre- -se de que você não é perfeita, e que será podada novamente.

Talvez você esteja crescendo depois da poda. Seu crescimento será tolhido se você ficar relembrando o último processo de poda com tristeza, e não com alegria. É tentador não perdoar e viver amargurada, por causa de um acontecimento desagradável que fez parte do seu processo. Gostaria de encorajá-la a deixar isso para trás, alegrar-se na força conquistada e seguir adiante.

Talvez você tenha sido podada recentemente – cortada até o caule. Está com aparência estranha e isso a magoa. Tenha calma que a dor passará. Fique alegre porque o fungo foi eliminado e com o tempo as flores vão brotar novamente. Não dificulte o crescimento pensando coisas como: “E se...” ou “Bastava eu ter...”. Pare de perguntar a Deus “Por quê?”, e comece a lhe agradecer, e a se regozijar em sua infinita sabedoria, pois Deus sabe o que é melhor e você verá que o desconforto desaparecerá rapidamente.

AQUELE FUNGO INCURÁVEL

O motivo que nos leva a ser podadas nunca irá desaparecer. Estará conosco até morrermos. Por mais que amemos ao Senhor, a causa da poda estará sempre presente. É incurável e difícil de ser detectada pelo olho humano. Como o fungo em um ramo, ela gruda em nosso lado íntimo, espiritual e normalmente aparece nos lugares mais inesperados. Esse intruso traiçoeiro é o ego – a carne – que exige o cumprimento de suas vontades.

Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam.

Gálatas 5:17

Quando cedemos aos desejos e às exigências da carne, nosso coração se volta contra Deus e se inclina para a autossatisfação. Como, porém, podemos reconhecer o ego a fim de combatê-lo rapidamente e evitar dores e podas desnecessárias? O apóstolo Paulo adverte: “Mas, se julgássemos a nós mesmos, não seríamos condenados” (1 Coríntios 11:31)” 

O ego pode ser identificado naquilo que queremos controlar e por aquilo que somos controladas. Em um momento, fazemos o papel de Deus, e no outro nos recusamos a crer que existe um Deus pronto a nos ajudar.

CRESCIMENTO

Quando Deus nos poda, o resultado é mais crescimento e frutos mais doces. Geralmente acontece quando Deus usa situações, pessoas e circunstancias para nos levar a crescer em disposição, atitude e natureza cristã. O Diabo ataca com a intenção de nos destruir, e muitas vezes ele alimenta o fungo do egoísmo. É importante sabermos a diferença entre poda e destruição.

Talvez você tenha um problema invisível aos olhos humanos. Alguma coisa treme em sua vida. Pode ser uma doença interna ou uma circunstância mental, emocional, financeira ou relacional. Deus quer que você examine sua atitude, disposição e natureza cristã. Estão agradando a Deus? Se não estão, gostaria de pedir que você parasse de ler agora, pedisse perdão a Deus e aceitasse sua graça. Depois permita que esse problema direcione sua atenção para o Salvador que vivo está. Permita que o seu tremor seja um lembrete constante de que Deus está no controle e de que ele faz com que “todas as coisas cooperem para o bem daqueles que o amam, dos que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28).

PERGUNTAS PARA REFLEXÃO

  1. Você está sendo podada hoje?
  2. Por que a poda é necessária?
  3. Qual a diferença entre poda e destruição? E qual a sua procedência?
  4. O apóstolo Paulo menciona algo que lhe afligia: “um espinho na carne”. E ainda teve o discernimento de saber por que estava sendo afligido: “para que eu não me tornasse arrogante”. Se você já foi ou está sendo podada, já entendeu a razão? (Ver. 2 Coríntios 12:7).
  5. Considerando esse mesmo texto de 2 Coríntios, Paulo continua e nos ensina a lidar com a “poda”. Pondere e discuta com o grupo. (v. 8-10).

Notas de rodapé

1 Baseado em: Mulher cristã (Nancy Leigh DeMoss) da Editora Vida Nova.

Artigos Relacionados

Recomeçar é preciso! Recomeçar é preciso!
Todavia, lembro-me também do que pode dar-me esperança: Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são...
O amor busca descanso O amor busca descanso
Naquela ocasião Jesus disse: "Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos...
Estabelecendo limites Estabelecendo limites
Você e o seu povo ficarão esgotados, pois esta tarefa lhe é pesada demais. Você não pode executá-la sozinho. Êxodo 18:18 Devo alertar-lhe à...
Faça o Melhor Sempre Faça o Melhor Sempre
Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É...