Café Com Deus

Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo.” (Galátas 3:27)

Sabendo que a prova da vossa fé obra a paciência”. (Tiago 1:3)

Para andar com Jesus precisamos ter fé.  É muito bom viver a vida com a fé firme em Deus, orando, louvando, sentindo a paz que Ele nos dá, vendo Ele cuidar de nós. Mas nem sempre as coisas vão bem. Há momentos em que a nossa fé passa por provações, e mesmo isso parecendo ruim aos nossos olhos, é algo que nos ajuda a crescer na presença de Deus.

Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor.” (João 15:9)

Todo mundo quer amar e ser amado. Ninguém vive feliz sem amor, mesmo aquela pessoa “durona”, que diz que não precisa de amor para ser feliz, na realidade precisa sim. Todos precisam. Há um momento em nossa vida que sentimos um vazio que faz com que a vida fique incompleta, mesmo tendo amigos e família que nos amem, e esse vazio não é preenchido até encontrarmos o verdadeiro e maior amor: JESUS.

A melhor hora para orar é quando não se tem vontade. Sim, porque é a hora em que mais precisamos! A falta de vontade de orar é semelhante à falta de vontade de comer por parte do doente enfraquecido: quanto menos come, menos fome tem. E nós sabemos que, se ele não se alimentar, irá morrer!

"A nossa alma espera no Senhor. Ele é o nosso auxílio e o nosso escudo, pois nele se alegra o nosso coração, porquanto temos confiado no seu santo nome. Seja a tua misericórdia, Senhor, sobre nós, assim como em ti esperamos" (Salmos 33:20-22, ARC)

O Dia do Pastor é comemorado no segundo domingo de junho em muitas igrejas evangélicas. A data foi escolhida pela Convenção Batista Brasileira há muitos anos. Outras denominações acompanharam o tema e hoje espalha-se por grande parte do meio evangélico.

No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. (João 4:23)

“Então disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros”. Mateus 9:37

Jesus comparou a multidão com um campo semeado e diz que são poucas as pessoas para ceifar esse campo. São pessoas e mais pessoas procurando esperança, procurando a alegria de viver. Essa multidão existe ainda hoje, e os ceifeiros continuam sendo poucos. Há muitas pessoas prontas para receber Jesus, mas falta alguém que vá até elas e lhes conduzam até Ele.