Café Com Deus

Meu filho, escute o que lhe digo; preste atenção às minhas palavras. Nunca as perca de vista; guarde-as no fundo do coração, pois são vida para quem as encontra e saúde para todo o seu ser. Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida. Afaste da sua boca as palavras perversas; fique longe dos seus lábios a maldade. Olhe sempre para a frente, mantenha o olhar fixo no que está adiante de você. Provérbios 4:20-25

“O Senhor respondeu a Moisés: Estará limitado o poder do Senhor? Agora você verá se a minha palavra se cumprirá ou não”. (Números 11:23)

Moisés estava preocupado. Desta vez, o motivo da reclamação do povo era o fato de ter só o maná para comer, eles estavam cansados de comer todos os dias o mesmo alimento e lembravam com saudade da comida do Egito. Moisés, sem saber o que fazer, vai à Deus e lhe pede ajuda, diz que não tinha onde conseguir carne e, além do mais, já estava cansado de tanta reclamação, não conseguiria mais agüentar isso sozinho. Então, Deus ouve à Moisés e diz que vai levantar setenta homens para lhe ajudar e que daria carne para o povo comer até se fartar.

Abençoou Deus o sétimo dia e o santificou, porque nele descansou de toda a obra que realizara na criação.” (Gênesis 2:3)

Foram seis dias de muito trabalho. Seis dias criando céu, terra, mares, árvores, plantas, sol, lua, animais terrestres, aquáticos e voadores, e por fim o homem. Finalmente no sétimo dia Deus resolve tirar uma folga e descansa de todo aquele trabalho, afinal, Ele já estava cansado, não tinha forças para criar mais nada. O descanso era necessário.

Respondeu o Senhor: “Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada.” (Lucas 10:41-42)

Encontramos aqui uma mulher trabalhadeira e preocupada, essa era Marta. Ela recebeu Jesus em sua casa e ficou preocupada com os serviços da casa. Esqueceu que o mais importante naquele momento não eram os serviços, mas a presença de Jesus. Já Maria entendeu isso e ficou sentada, só ouvindo o que Jesus tinha a dizer.

De repente, houve um terremoto tão violento que os alicerces da prisão foram abalados. Imediatamente todas as portas se abriram, e as correntes de todos se soltaram.” (Atos dos Apóstolos 16:26)

Paulo e Silas estavam dentro de uma prisão. Depois de Paulo ter libertado uma moça de um espírito imundo, eles foram açoitados, jogados em uma prisão e amarrados. Foram presos igual a criminosos. Estavam em um lugar horrível, onde ficam pessoas perigosas, que fazem o mal. Homens com corações frios, que só pensavam no dinheiro, estavam lhes punindo por  terem acabado com a “renda” deles.

Cuidado, irmãos, para que nenhum de vocês tenha coração perverso e incrédulo, que se afaste do Deus vivo.” (Hebreus 3:12)

A incredulidade é o resultado da falta do relacionamento com Deus, é quando a pessoa deixa de buscar o alimento espiritual. Com isso, ela vai dar atenção a outras coisas que a levam para longe de Deus e vai acabar morrendo espiritualmente.

Mudaste o meu pranto em dança, a minha veste de lamento em veste de alegria, para que meu coração cante louvores a ti e não se cale. Senhor, meu Deus, eu te darei graças para sempre.” (Salmos 30:11-12)

 “Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam.” (Gálatas 5:17)

O que é mais fácil para o homem: mentir ou falar a verdade? Se render ao adultério ou ser fiel ao cônjuge? Falar sem pensar ou pensar no que falar? Brigar ou se controlar? Se calar por vergonha ou evangelizar? Fingir que não vê os problemas ou ajudar?